05/04/2020 05:17

Cresce apoio ao Projeto Bloco 8

Da mesma forma que os prefeitos de Fruta de Leite, Grão-Mogol, Josenópolis, Padre Carvalho e Salinas, a Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais (AMIG), a Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amms) e a União das Entidades de Montes Claros e Norte de Minas, também oficializaram apoio ao projeto Bloco 8 para extração e beneficiamento de minério de ferro na região. O Bloco 8 é de responsabilidade da Sul Americana de Metais (SAM) e prevê investimentos da ordem de US$2,1 bilhões entre implantação e operação, com a geração 6.200 novos postos de trabalho direto durante o pico da fase de implantação e mais 1.100 empregos durante a sua operação, com produção anual de 27,5 milhões de toneladas de concentrado minério de ferro. 

Todos os documentos ressaltam o potencial sob diferentes aspectos de transformação econômica e social para região onde será instalado. Eles mencionam o uso de novas tecnologias para garantir a operação sustentável do empreendimento e a disponibilização de água para usos múltiplos, entre outros fatores que respaldam e justificam a decisão de manifestação de apoio à implantação do projeto, atualmente em fase de licenciamento junto à Semad/Governo de Minas. 

A União das Entidades de Montes Claros e Norte de Minas, que congrega representantes da ACI, Fiemg Regional Norte, Adenor, CDL, Codenc, Fubdetec, Sociedade e Sindicato Rural de Montes Claros, Sindipan e Sinduscon, produziu uma declaração conjunta a qual assinaram também o Rotary Clube, o Conselho de Veneráveis do Norte de Minas (Convenorte) e o Lions Clube. No documento, a associação afirma que o apoio reflete a preocupação de se “viabilizar projetos que são fundamentais para garantir a melhoria das condições socioeconômicas da região Norte do Estado e que se traduzem em geração de emprego e renda para a população”. 

 Para o CEO da SAM, Jin Yongshi, é gratificante receber apoios desta importância porque são manifestações de quem conhece e vive a realidade da região e também por quem acompanha de perto as transformações positivas relacionadas à mineração nos municípios, como é o caso da Amig. “Percebo que entidades e gestores do Norte do Minas declaram apoio ao Projeto Bloco 8 por compreenderem o papel que ele terá de transformar, com sustentabilidade, o cenário social e econômico da região”, conclui. 

PROJETO - Desenvolvido para ser sinônimo mundial de segurança e inovação, o projeto Bloco 8 é formado, principalmente por um complexo minerário e uma barragem de água. Além de trazer soluções para a disponibilização dos recursos hídricos, ele tem como compromisso fomentar na região uma plataforma de crescimento econômico e social. 

O investimento atual previsto pela empresa Sul Americana de Metais (SAM) para o empreendimento é de 2,1 bilhões de dólares tornando viável a extração de minério de ferro de baixo teor (média de 20%) e a transformação do minério do Norte do estado em um produto de alta qualidade. A previsão é que sejam gerados 6.200 novos postos de trabalho direto durante o pico da fase de implantação do Projeto Bloco 8, e mais 1.100 empregos durante a sua operação, com produção anual de 27,5 milhões de toneladas de concentrado minério de ferro.

 

Atendimento Online pelo WhatsApp